Como participar de um leilão?

Saiba mais sobre este tipo de compra de imóveis

Quem pode participar de um leilão? Maiores de 18 anos e interessados em adquirir um imóvel por leilão.

Ao participar de um leilão de imóveis, o interessado precisa se atentar a vários itens antes de dar seu lance. Para investir em um imóvel de leilão, é necessário checar as referências do imóvel, sua situação perante a justiça e seu estado de conservação. O edital, por vezes repleto de letras miúdas, é de suma importância. É preciso ter o máximo de atenção na leitura do mesmo.

É claro, que existem pechinchas e imóveis com ótima relação custo/benefício. No entanto, ao levar em conta que a maioria dos imóveis leiloados são retomada de proprietários inadimplentes, à conclusão que se chega é de que o preço mínimo será, no mínimo, igual ou superior ao prejuízo da instituição financeira responsável pelo financiamento. Ou seja, os lances mínimos praticados nos leilões muitas vezes se aproximam dos valores praticados no mercado.

É preciso estar cientes de algumas cobranças que ocorrem na compra de um imóvel por leilão:

•    Você deve acrescentar 5% como comissão do leiloeiro;
•    Deverão ser pagos o ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Intervivos) e a taxa de registro (RGI);
•    Preços muito baixos podem significar pendências judiciais: situação irregular ou bem inacabado. Desconfie! Entrar nessa pode significar leilão anulado e a cobrança de mais despesas (desocupação, por exemplo).

Leilões judiciais

Também é comum encontrarmos situações em que imóveis penhorados pela Justiça são colocados à venda através de leilões.

Ao decidir participar de um leilão judicial, preste atenção aos seguintes detalhes:

•    Verifique se a execução é definitiva. Se não for, o antigo proprietário pode conseguir um recurso na Justiça e você ficará sem a carta de arrematação;
•    Certifique-se de que o imóvel já não foi arrematado em outro leilão;
•    Certifique-se de que este não seja o único imóvel da família, constituindo-se assim um bem impenhorável;
•    Veja se a penhora está devidamente registrada no documento de matrícula do imóvel.

Nunca deixe de visitar o imóvel


Esse item é muito importante para prevenir fraudes virtuais. Ao optar pelo leilão virtual, esteja certo de que os mesmos procedimentos usados no leilão presencial serão respeitados. Em caso de dúvida, prefira os leilões presenciais. Antes de dar o lance é importante:

•    Vistoriar o bem pretendido;
•    Esclarecer todas as dúvidas com a equipe do leiloeiro;
•    Anotar o número do lote de seu interesse;
•    Estar ciente das condições de venda e pagamento.

Seguindo esses passos é um meio de não ter surpresas desagradáveis ao arrematar um imóvel de leilão.
Você, como consultor imobiliário, precisa conhecer todas as técnicas disponíveis para compra de imóveis e assim, estar preparado para atender o seu cliente e passar as opções mais seguras.

Para entender melhor as regras, acesse:
http://www.investimentoleilaoimoveis.com.br/investimentos-em-leilao-de-imoveis.html

Bons Negócios!

Tiago Albuquerque


Compartilhe este Artigo:

Últimos Detalhes

ver todos